Título: Marcada
Título Original: Marked
Série: House of Night, Livro 1
Autor: P. C. Cast e Kristin Cast
Gênero: Romance, Fantasia, Jovem Adulto
Páginas: 327
Ano: 2009
Editora: Novo Século
ISBN: 9780312360269
Classificação: 1,5/5

Sinopse: Bem‑vindo ao mundo de House of Night, um mundo parecido com o nosso, exceto pelo fato de que nele os vampiros sempre existiram.Zoey acaba de ser Marcada como uma vampira, o que significa o início de uma nova vida, longe de seus amigos. Isso se seu corpo suportar o período de Transformação. Caso contrário, ela morrerá.

“Fostes escolhida pela Noite; tua morte será teu nascimento. A Noite te chama; preste atenção para escutar Sua doce voz. Teu destino aguarda por ti na Morada da Noite”

SOBRE O AUTOR

Kristin Cast nasceu no ano de 1986 em Oklahoma, nos EUA. Filha de P. C. Cast, escreve com sua mãe a série House of Night. Em 2005, ela se graduou na Broken Arrow Senior High School. Em 2010 começou a trabalhar em uma obra solo. Entre suas obras mais conhecidas está a série House of Night.

P. C. Cast nasceu no ano de 1960 nos Estados Unidos. Tem uma filha, com quem escreve a série House of Night. É uma escritora americana apaixonada por mitologia. As séries Goddess e Partholon são algumas das suas obras.

MINHA OPINIÃO

Minha história com esse livro começou em 2010, quando eu fui para a Bienal, que estava acontecendo na minha cidade. Conheci esse livro lá, como estava naquela época onde haviam muitos livros sobre vampiros, achei interessante e queria muito dar uma oportunidade. Acontece que as expectativas morreram logo no primeiro capítulo. Após terminar de ler, desanimei em continuar a série. Ano passado, conversando com uma amiga que leu a série, disse que eu deveria dar uma oportunidade e ler novamente, que os livros vão melhorando. Então, decidi ler mais uma vez e o que eu achei, vocês vão descobrir nos próximos parágrafos. 

Zoey era uma jovem comum, tinha uma melhor amiga e seu namorado Heath Luck, acontece que logo dentro do colégio recebe a marca da deusa Nix e passará por uma transformação para ser uma vampira. A garota precisa ir para a House of Night, viver uma nova vida e conseguir sobreviver a mudança. A diferença da Zoey para os outros estudantes da Casa da Noite, é que sua marca está completa e sua ligação com Nyx é forte. Sendo a estranha da turma, ela encontra bons amigos, que possuem suas singularidades, no entanto, em seu caminho aparece Aphrodite, sua rival e Erik Night, amigo que mexerá com o seu coração.

A história tem uma pegada bem adolescente, mas ao mesmo tempo com um estilo que não me agradou muito. Se eu tivesse lido aos 16-17 anos, teria deixado o livro de lado, pela forma que foi escrita, algumas palavras utilizadas e que não pertencem ao meu dia-a-dia. Mas, não estou aqui para falar sobre isso e sim, como o pensamento sobre "adolescentes" foi um pouco generalizada. Temos perfis clichês, de uma patricinha loira, a mais popular do colégio e completamente má; o mocinho da história esta com a caprichosa patricinha e ele acaba se interessando pela protagonista, que é o oposto de Aphrodite, morena, um pouco mais boba e claro, nova no pedaço. Seguimos por uma rota previsível, sem pontos para desatacar como algo bom, mesmo que seja repetitivo.

Por outro lado, existem pontos positivos. Mesmo sem gostar da história, tenho que destacar alguns detalhes que de certa forma são interessantes. Não tenho muito para falar sobre o livro, gosto das duas edições dele, acho a capa bonita e essa cor um pouco pink, nos trás a ideia de sentimentos e sutileza, algo está escondido nessa história e o leitor precisa descobrir. 

A ideia da história é original e interessante, sem aquele costume de ser um vampiro após tanto derramamento de sangue e sim, ser marcado por um rastreador, parece um alivio para aqueles que não curtem tanto histórias sanguinárias. Sobre isso, tirei minhas próprias conclusões: Não são todas as pessoas que podem ser marcadas. Somente aqueles que nascem com esse destino e ao chegar o momento recebem a visita do rastreador, assim passará a viver uma nova vida nova e buscar sua missão. Nyx é a personificação da noite e achei legal, por parte da autora, envolver essa mitologia na história.

Continuarei a série, acho que mesmo que minha opinião sobre os dois primeiros livros esteja formada, não posso julgar a série inteira por eles. Você pode chegar a gostar, por isso, não se leve pela minha opinião e encontre detalhes que podem ser divertidos, emocionantes e que te levem a ter uma boa leitura, depois passa aqui no cantinho e divide comigo, vou amar conhecer sua opinião. Até a próxima! 


2 Comentários

  1. Oi Sirlene!
    Lembro que há muito tempo comecei a ler essa série.
    O primeiro livro até foi ok,achei uma proposta diferente de vampiros e tal,com pegadas de magia,apesar de alguns personagens extremamente previsíveis.
    Até o quarto livro mais ou menos a série estava andando,mas depois as autoras se perderam completamente,saíram misturando um monte de coisa.Acabei nem lendo os outros livros.
    Espero que você tenha mais sorte que eu com a série!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou lendo porque uma amiga disse que fica melhor depois, mas já havia desanimado para ler, vendo seu comentário vejo que alguém mais pensa como eu hahaha... Obrigada por visitar o meu cantinho. Abraço!

      Excluir